segunda-feira, 8 de outubro de 2012

João num Pé de Solidão

Crítica de "João e o Pé de Feijão" da Cia Voar de Brasília

Bonecos de todos os tamanhos divertem a garotada com a Cia Voar Teatro de Bonecos no clássico João e o Pé de Feijão. O espetáculo é indicado para toda a família e tem um "q" a mais para os grandinhos que forem assistir, a extrema habilidade de resolver todos as ações dramaticas sozinho do bonequeiro e diretor Marco Augusto (ex-bonequeiro do grupo Bagagem). Curioso que todos os personagens da história de João ganham vida na forma de bonecos, e ainda mais curioso é ver Marco dando conta de tantos elementos em cena, além das movimentações,bonecos coadjuvantes e cenários mutantes, tudo ao mesmo tempo, sem nenhuma barriga e com maquinagens se mantendo escondidas do público, tornando o jogo do "quem opera" um trunfo para o espetáculo. A história fala da curiosidade, fantasia e astúcia de um menino que vence o gigante, acaba com a fome e a aridez do lugar onde mora e consegue mudar o destino da sua família. O conto popular é rico em simbolismo e elementos mágicos, como a semente que brota até o céu, a galinha dos ovos de ouro, o terrível gigante e a harpa encantada. Excelente espetáculo de teatro, e um dos melhores espetáculos de bonecos que temos no Brasil. (Texto de Valter Vanir Coelho, Professor de Artes Cênicas)

Nenhum comentário: