João num Pé de Solidão

Crítica de "João e o Pé de Feijão" da Cia Voar de Brasília

Bonecos de todos os tamanhos divertem a garotada com a Cia Voar Teatro de Bonecos no clássico João e o Pé de Feijão. O espetáculo é indicado para toda a família e tem um "q" a mais para os grandinhos que forem assistir, a extrema habilidade de resolver todos as ações dramaticas sozinho do bonequeiro e diretor Marco Augusto (ex-bonequeiro do grupo Bagagem). Curioso que todos os personagens da história de João ganham vida na forma de bonecos, e ainda mais curioso é ver Marco dando conta de tantos elementos em cena, além das movimentações,bonecos coadjuvantes e cenários mutantes, tudo ao mesmo tempo, sem nenhuma barriga e com maquinagens se mantendo escondidas do público, tornando o jogo do "quem opera" um trunfo para o espetáculo. A história fala da curiosidade, fantasia e astúcia de um menino que vence o gigante, acaba com a fome e a aridez do lugar onde mora e consegue mudar o destino da sua família. O conto popular é rico em simbolismo e elementos mágicos, como a semente que brota até o céu, a galinha dos ovos de ouro, o terrível gigante e a harpa encantada. Excelente espetáculo de teatro, e um dos melhores espetáculos de bonecos que temos no Brasil. (Texto de Valter Vanir Coelho, Professor de Artes Cênicas)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Marcela Temer Nua

Você sabia que Renato Russo e Geddel (o homem das malas de dinheiro) eram inimigos de juventude? Saiba o porquê.

Juiz diz que não houve "constrangimento à vítima" e solta homem que ejaculou no pescoço da passageira