quarta-feira, 27 de abril de 2011

Faltou virar a Mesa!


Crítica do Espetáculo "A Mesa" da Cia Intiquietos, da Cidade de Nova Mutum-MT, com direção de Alexandre Carrara.

O Yin e o Yang poeticamente vem pôr em discursão as dores do mundo tão conflitante em que vivemos, passando pelos sentimentos e evoluções do homem pós-moderno, mostrando as dores e as alegrias, e levando o público a uma verdadeira batalha de sentimentos e à reflexão do sim e do não.

 Não estamos mais acostumados com esse "tipo" de teatro, onde ouvimos não personagens, mas opniões. Um estilo protestante, palavras de ordem e discursos enfáticos de como o mundo, a vida e as pessoas estão cada vez menos poeris, amáveis e corretas. "A Mesa" é um espetáculo cheio de opniões, vontades e protestos. Um pouco verborrágico, mas os atores conseguem transportar o protesto, para uma curiosidade simpática. É visível a paixão do grupo pela utopia, pela vontade, pela justiça. Disfarçada em exercícios corporais, a peça se presta a panfletagem, com mais voracidades, do que teatralidade, mas quem disse que isso já não é suficiênte? Mas falta um pouco de ousadia e transgressão, nesse protesto teatral.

Nenhum comentário: