Amor de Macho

Luiz Henrique Romão, o Macarrão, deixa Departamento de Investigações da Polícia CivilMacarrão levou Eliza Samudio para ser morta por amar Bruno, diz advogado do goleiro

Luiz Henrique Romão, o Macarrão, deixa Departamento de Investigações da Polícia Civil. O advogado do goleiro Bruno Souza afirmou que Luiz Henrique Romão, o Macarrão, braço direito do atleta, teria levado Eliza Samudio para ser assassinada em razão de ter nutrido ciúme dela e por ter desenvolvido sentimento de “amor” ao atleta. O motivo mais forte, elencado por Rui Caldas Pimenta para sustentar a sua tese, seria a tatuagem que Macarrão fez nas próprias costas em homenagem ao goleiro. Você já viu um homem gravar (na pele) uma prova de amor como essa a um amigo? Eu estou com 70 anos e nunca vi. Isso é atípico. E, se é atípico, tem um desvio qualquer nisso. É estranho um homem fazer uma declaração de amor a outro como a que ele fez para o Bruno”, disse Pimenta, aludindo a uma tatuagem que Macarrão carrega nas costas e na qual está escrito: “Bruno e Maka. A amizade nem mesmo a força do tempo irá destruir, amor verdadeiro”. O advogado disse que Macarrão sentia ciúme de Eliza Samudio e ajudou na morte da modelo, com quem o goleiro teria um filho, para “agradar” o jogador. Pimenta ainda afirmou que Luiz Henrique deveria se submeter a exames psiquiátricos forenses para tentar definir a sua preferência sexual. Segundo a Polícia mineira, a modelo foi executada em junho de 2010 pelo ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, em sua casa, localizada na cidade de Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ela teria sido conduzida ao local por Macarrão e por dois primos de Bruno.   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Marcela Temer Nua

Você sabia que Renato Russo e Geddel (o homem das malas de dinheiro) eram inimigos de juventude? Saiba o porquê.

Juiz diz que não houve "constrangimento à vítima" e solta homem que ejaculou no pescoço da passageira